Instituto de Ciências da Arte - UFPA
E-mail
Pesquisador de universidade da Bélgica aponta rumos inovadores para pesquisa qualitativa Imprimir
Escrito por Administrator   
Seg, 12 de Março de 2018 10:37

Apresentar a utilização de metodologias qualitativas, como o design participativo e o uso de elementos de jogos na busca por soluções tecnológicas idealizadas pelos próprios participantes de pesquisas aplicadas. Foi com esse objetivo que, nesta quarta-feira, 7 de março, realizou-se a conferência “O uso de elementos de design de games para envolver usuários em pesquisa qualitativa”, no auditório do prédio de Pós-Graduação do Instituto de Tecnologia (PGITEC), Campus Profissional da Universidade Federal do Pará (UFPA), em Belém. O convidado, professor David Geerts, da Faculdade de Ciências Sociais, da Katholieke Universiteit Leuven (KU Leuven, Bélgica), foi o ministrante da conferência.

A atividade integrou a programação da Jornada de Cooperação Internacional UFPA, que é parte das ações do Programa de Apoio à Cooperação Interinstitucional (PACI), iniciativa conjunta da Pró-Reitoria de Relações Internacionais (Prointer) e da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (Propesp). Desde 2017, o programa promoveu a visita de pesquisadores de diversos países para participarem de agendas de trabalho e cooperação com grupos de pesquisa da UFPA.

Imagem 2 Jornada InternacionalO evento marcou, ainda, como Aula Inaugural, o início do semestre letivo para o Programa de Pós-Graduação Criatividade e Inovação em Metodologias de Ensino Superior (PPGCIMES), do Núcleo de Inovação e Tecnologias Aplicadas a Ensino e Extensão (NITAE2) da UFPA, e contou com tradução simultânea do inglês para o português e transmissão ao vivo pelo site da Propesp. Mais de 100 pessoas acompanharam presencialmente a conferência, entre professores e alunos de graduação e pós-graduação de diversas instituições e áreas de conhecimento, interessados em metodologias qualitativas e pesquisas que envolvam games.

Ao início da conferência, as professoras Marianne Kogut Eliasquevici, da coordenação do PPGCIMES, e Cristina Lúcia Dias Vaz, diretora em exercício do NITAE², reforçaram a importância da vinda do professor à UFPA e a satisfação de recebê-lo. A professora Janice da Cunha, diretora de Pós-Graduação da Propesp - na ocasião, representando o  pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UFPA, professor Rômulo Simões Angélica -, enfatizou a relevância do tema da palestra.

“Trata-se de uma discussão importante nos diversos campos do conhecimento, para alunos e para corpo docente, nesse desafio na educação superior e, em especial, na pós-graduação, de formar para a vida, para a vivência de pesquisa, para a produção de conhecimento científico e também para a formação profissional. A temática escolhida nessa integração entre Aula Inaugural e Jornada Internacional atende ao que nós ainda não temos formatado em termos de profissão. Muitos dos estudantes que aqui estão, muito jovens, vão trabalhar em profissões que não estão previstas. E é importante essa interação e essa temática porque entusiasma a troca de conhecimentos e amplia os horizontes”, declarou.

A pró-reitora de Relações Internacionais, professora Maria Iracilda da Cunha Sampaio, que representou o reitor professor Emmanuel Zagury Tourinho, destacou a importância da temática também para a UFPA. “O tema é muito pertinente à atuação não somente do PPGCIMES, mas também de outros Programas de Pós-Graduação atualmente em funcionamento na Instituição, que estão trabalhando com temáticas similares.”

Imagem 1 Jornada InternacionalSobre a conferência - O professor doutor David Geerts é coordenador do Meaningful Interactions Lab(mintlab), grupo que, há anos, tem trabalhado com pesquisas básicas e aplicadas na área da Interação Humano-Computador (IHC), com base na perspectiva das Ciências Sociais e Humanas, vinculado ao Instituto de Estudos da Mídia da Faculdade de Ciências Sociais da KU Leuven e também afiliado ao Imec, principal instituto de pesquisa na região de Flanders, na Bélgica.

Em sua conferência, o professor tratou sobre processos de concepção e desenvolvimento de metodologias criativas utilizando elementos de jogos. Para isso, apresentou resultados de pesquisas realizadas pelo seu grupo e deu exemplos de jogos já desenvolvidos e utilizados em investigações envolvendo usuários finais de tecnologia.

O professor iniciou sua fala apresentando diferentes metodologias de pesquisa qualitativa conhecidas, evidenciando que houve uma transformação em seu escopo, passando de uma perspectiva mais quantitativa a uma procura de estratégias para analisar, de fato, qualitativamente, as diversas nuances das realidades empíricas. Entre essas metodologias, o professor destacou o design participativo como uma metodologia interessante para apreender soluções diretamente com os participantes de um projeto, ou seja, aqueles que serão diretamente beneficiados por ele. No processo de design participativo, a utilização de elementos de jogos é uma maneira de envolver os usuários e de estimulá-los a sugerir soluções e gerar ideias

“Usar elementos de jogos no processo de design e, mais especificamente, desenvolver esses jogos de tabuleiro para tentar buscar novas ideias é uma forma de canalizar a criatividade dos participantes para o processo e ter melhores ideias que não seriam descobertas se métodos mais tradicionais fossem utilizados”, aponta.

Imagem 3 Jornada InternacionalConhecimentos compartilhados - Para Ronald Allan da Silva, aluno ingressante na Turma 2018 do PPGCIMES-UFPA, a conferência foi uma oportunidade de visualizar novos horizontes para seu anteprojeto de pesquisa. “Meu projeto para o mestrado é sobre utilizar um game digital como ferramenta de ensino. E tudo o que ele falou sobre jogos de tabuleiros também pode ser aplicado para o meu objeto de pesquisa, principalmente porque os jogos atuais, mesmo sem a finalidade de serem educativos, te deixam ter essa liberdade para trabalhar, pesquisar, conversar e se comunicar de uma forma mais livre com as pessoas e, por isso, podem ser utilizados para a educação”, pontuou.

Mais do que apresentar essa forma de fazer pesquisa, a conferência também inspirou docentes a trazerem ainda mais inovações para dentro da sala de aula, como foi para o professor Edinaldo João de La-Roque, docente dos cursos de Ciências da Computação, Análise e Desenvolvimento de Sistemas; e Redes de Computadores da Universidade da Amazônia (Unama). “Fizemos uma experiência, semestre passado, com uma plataforma que permite que a gente desenvolva questionários interativos com elementos de games e foi um sucesso. Como professor, a gente fica procurando uma maneira de tornar as aulas mais interessantes. Então, foi bom participar da conferência e pensar em novas ideias para a elaboração de aulas mais dinâmicas.”

Imagem 4 Jornada InternacionalA professora Marianne Eliasquevici, da Coordenação do PPGCIMES, destacou a importância da vinda de David Geerts para a UFPA, para enriquecer as discussões que estão sendo feitas na Universidade sobre pesquisa e metodologias qualitativas: “Trabalhamos com metodologias criativas e o que o professor David traz para nós são situações nas quais podemos potencializar a criatividade dos sujeitos. Se a gente vai usar produtos criativos, inovadores, precisamos ouvir o sujeito. A vinda do professor é importantíssima para todos os alunos que estão desenvolvendo projetos, mas também para os docentes e para toda a comunidade acadêmica”, declarou.

Agenda de trabalho - O professor David cumprirá, ainda, uma agenda de trabalho com professores do NITAE2, no período de 7 a 10 de março, relacionada ao Projeto de cooperação internacional em andamento “Matriz comparativa de pesquisas qualitativas com usuários de tecnologias digitais”, aprovado no Edital nº 02/2015 do Programa Geral de Cooperação Internacional (PGCI) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), do qual o professor é o coordenador estrangeiro. O projeto é liderado pela UFPA e desenvolvido em cooperação com a KU Leuven e com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), instituição brasileira associada.

Texto e fotos: Divulgação

 

Copyright © 2016 Instituto de Ciências da Arte - UFPA

Avenida Presidente Vargas, S/N, Praça da República - Belém - Pará - Brasil, CEP 66017-060 - Tel: Secretaria: (91) 3241-5801, Fax: (91) 3241-8369. E-mail: ica@ufpa.br