E-mail
Especialista do Hospital Universitário dá dicas de como cuidar da pele no verão Imprimir
Escrito por Administrator   
Qua, 11 de Julho de 2018 08:19

Sol, praia e mar a combinação perfeita que anuncia a chegada do verão. Época ideal para quem gosta de exibir a famosa “marquinha”, indicando a ida à praia e um bronzeado característico. No entanto, a busca pelo bronzeado perfeito requer cuidados com a pele, e a dermatologista Rossana Veiga, do Hospital Universitário João de Barros Barreto (HUJBB), dá dicas valiosas para este verão.

Se você é adepto do bronzeamento natural, deve ficar atento aos cuidados com esse método. Muitas pessoas passam horas debaixo do sol para ficarem mais bronzeadas, mas correm os riscos de uma exposição prolongada. O índice de queimaduras por sol aumenta consideravelmente no verão. Caso você exagere no bronzeamento, a dica é a ingerir bastante líquido e logo após procurar atendimento médico para iniciar medicações orais e tópicas.

Mas como diz o velho ditado, “melhor prevenir do que remediar”, portanto no verão é indispensável o uso do protetor solar. “O protetor solar é uma das medidas fotoprotetoras que visa criar uma barreira física e química à radiação ultravioleta e por isso deve ser aplicado repetidamente, sendo o ideal a cada 2 horas na praia e ou campo”, orienta a dermatologista Rossana Veiga.

Bronze artificial -  Para quem tem pressa, o bronzeamento artificial tem sido uma rápida solução. Além de durar mais tempo, em média de 5 a 15 dias. As opções são variadas e vão desde loções autobronzeadoras a bronzeadores a jato. Existem ainda clínicas que oferecem a opção de bronzeamento em câmaras, mas atenção! O procedimento é proibido no Brasil pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), pois o corpo é exposto diretamente a raios ultravioletas (UVA) e traz riscos à saúde.

Fique atento! Espaços que oferecem esse tipo de procedimento, o fazem de forma ilegal. A dermatologista explica, também, os prejuízos causados por ele. “O bronzeamento artificial é a exposição direta de uma radiação ultravioleta, a qual pode promover o aparecimento do câncer de pele, do envelhecimento e de doenças induzidas pela radiação ultravioleta”, alerta.

H²O o melhor remédio - Cuidar da hidratação do corpo é indispensável no verão. Por isso, mantenha sempre à mão garrafinhas com água. Na praia, ao invés de optar por refrigerantes ou água com gás, prefira sucos de fruta naturais e água de coco. Com a alta temperatura o corpo perde muito líquido e as células tendem a ficar ressecadas, portanto não descuide da hidratação da pele, lábios e cabelos.

A dica da nossa dermatologista é usar protetores labiais a cada duas horas, nos cabelos cremes com filtro solar e uso de chapéus que formem sombra ao nosso redor e não somente bonés, pois protegem somente o rosto. “A hidratação em forma de cremes ou loções cremosas melhoram o aspecto ressecado deixado pelo bronzeamento e ou pelo banho de mar, de acordo com a qualidade do hidratante utilizado”. Outro ponto ressaltado por ela e evitar ficar “vermelho”, pois o vermelho na pele já é queimadura.

“No verão devemos ter lazer, sim, mas devemos evitar futuras doenças na pele”, aconselha Rossana. As dicas estão dadas e segui-las é sinônimo de bronzeado saudável. Não descuide! Mesmo se não for à praia os cuidados com a pele no verão continuam sendo importantes, portanto não esqueça o protetor solar, os óculos de sol e aproveite as férias!

Leia mais: 
>> Verão sinônimo de sol, praia, diversão e também de cuidados com a pele

Texto: Rebeca Rocha - Assessoria de Comunicação da UFPA
Foto: Reprodução / internet

 

Copyright © 2016 Instituto de Ciências da Arte - UFPA

Avenida Presidente Vargas, S/N, Praça da República - Belém - Pará - Brasil, CEP 66017-060 - Tel: Secretaria: (91) 3241-5801, Fax: (91) 3241-8369. E-mail: ica@ufpa.br