E-mail
X Seminário de Pesquisa em Teatro com o tema: Teatro, Escola e Sociedade: Persistência e Resistência Imprimir
Escrito por Administrator   
Qua, 31 de Outubro de 2018 10:08

A  Escola de Teatro e Dança ETDUFPA) do Instituto de Ciências da Arte (ICA) da Universidade Federal do Pará (UFPA), realizará no período de de 05 a 07 de novembro/18, no Teatro Universitário Cláudio Barradas (TUCB) e dependências da ETDUFPA, o X Seminário de Pesquisa em Teatro com o tema: Teatro, Escola e Sociedade: Persistência e Resistência, coordenado pela professora-doutora Ivone Maria Xavier de Amorim Almeida, coordenadora do Curso de Licenciatura em Teatro da ETDUFPA.

Com o tema Teatro, Escola e Sociedade: Persistência e Resistência, o Seminário tem como objetivo estimular reflexões entre três áreas: teatro, escola e sociedade, a partir do cruzamento de olhares, numa perspectiva tanto de  práticas pedagógicas do curso de Licenciatura em Teatro, aproximando as realidades de diferentes territórios, mas respeitando suas respectivas singularidades.

Em sua décima edição, o Seminário compõe, ao lado dos seminários nas áreas de Dramaturgia, Dança e Etnocenologia, uma parte importante das atividades acadêmicas da ETDUFPA, e propõe uma abordagem do Teatro e suas práticas pedagógicas, o que se justifica pela necessidade de ampliar o conhecimento e reflexão sobre as práticas de ensino do Instituto de Ensino Superior (IES), como nos espaços de ensino formal e não formal de nossa cidade, de nosso estado.

O curso passa por um processo de reformulação de sua estrutura curricular, exigência da Resolução nº 2, de 1º de julho de 2015, do Conselho Nacional de Educação do Ministério da Educação, que “define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada”.

Com periodicidade anual, estes quatro eventos contribuem tanto para a formação acadêmica dos alunos do curso de Licenciatura em Teatro quanto para o aperfeiçoamento do corpo docente, além de proporcionarem a oportunidade aos artistas, produtores culturais e à comunidade paraense, de um intercâmbio no âmbito das Artes Cênicas com a produção e a pesquisa realizada em outras regiões do país, ao convidar profissionais gabaritados e de notório conhecimento em suas áreas de pesquisa e criação artística.

Inscrições pelo site: https://x-seminario-de-pesquisa-em-teatro.webnode.com

Mais informações pelo celular 99152.7510 (Ivone Xavier).

Palestras, mesas redondas, grupos de trabalho (GT) (sessão de comunicações), fóruns de discussões, performance e atividades artísticas, na programação abaixo:

DIA 05/11

16:00 ÀS 19:00 horas – CREDENCIAMENTO

19:30 horas – PALESTRA DE ABERTURA -   Ivanildo Lubarino Piccoli dos Santos – da Universidade federal de Alagoas (UFAL): ator, artista circense, encenador e professor universitário. Desde o início de sua formação, transita entre o teatro, o circo e a cultura popular. Freqüentou diversas oficinas de teatro e circo antes de aprimorar sua formação no curso de Interpretação e Artes Circenses da Escola Livre de Teatro de Santo André – SP (1993). É graduado (latu sensu) em Teatro pela mesma Universidade (2001). Cursou diversas disciplinas como aluno especial da Pós-Graduação na ECA/USP e no IA/UNESP. Complementou sua formação com o curso de Licenciatura em Artes – Teatro pelo Centro Universitário Belas Artes – SP (2008). É o vice coordenador do Grupo de Trabalho (GT) de  Artes Cênicas  na Rua -ABRACE.

DIA 06/11

De 15:30 às 17:30 horas - GT – COMUNICAÇÃO ORAL

15:30 às 17:30 horas - OFICINA: VOZ, DA CENA À SALA DE AULA (OFICINA COM Professor-doutor GEOVÁ AMORIM – UFAL): Possui graduação em Fonoaudiologia pela Universidade Católica de Pernambuco (1999), doutorado em Neuropsiquiatria e Ciências do Comportamento da UFPE; Especialização em Voz pela Universidade Federal de Pernambuco (2001) e Mestrado em Distúrbios da Comunicação Humana (Fonoaudiologia) pela Universidade Federal de São Paulo (2010). Atualmente é docente da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) – 30 VAGAS

19:00 horas – MESA REDONA: GÊNERO, SEXUALIDADE E PERFORMATIVIDADE, COM JULIANA BENTES (DEMÔNIA), ISABELA VALENTINA (UNIVERSO TRANS); GABRIEL (DRAG) E RAFAEL (BICHA RASGADA).

MEDIAÇÃO: Professora-doutora Larissa Latif Plácido Saré:  Doutora em Artes Cênicas pelo PPGA/UFBA (2005) com uma tese sobre a espetacularidade no ritual da Corda dos Promesseiros do Círio de Nazaré em Belém do Pará, premiada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional/Ministério da Cultura (Menção Honrosa Prémio Mário de nadrade 2008). É Mestre em Planejamento do Desenvolvimento Sustentável pelo NAEA/UFPA (1998) e graduada em Comunicação Social pela Universidade Federal do Pará (1994). Possui pós-doutoramento em Estudos Culturais pela Universidade de Aveiro com financiamento da FCT. Formada pelo curso de Formação de Ator da Escola de Teatro e Dança da UFPA, em 1999.

20:30 horas – ATOS PERFORMÁTICOS

DIA 07/11

De 15:30 às 17:30 horas – GT – COMUNICAÇÃO ORAL

De 15:30 às 17:30 horas – OFICINA: VOZ, DA CENA À SALA DE AULA (OFICINA COM PROF. GEOVÁ AMORIM – UFAL)

19:00 horas - PALESTRA- EU X OUTRO: MÚLTIPLAS ESFERAS DAS FOBIAS HUMANAS – Professora-doutora Iara Regina da Silva Souza: Atualmente é ativo permanente da ETDUFPA, cargo professor de Ensino Básico Técnico Tecnológico. Doutora em Estudos Culturais pelas Universidades de Aveiro/Minho em Portugal. Mestra em Artes pelo Instituto de Ciências das Artes/UFPA. Especialista em Iluminação e Designer de Interiores pela Faculdade Castelo Branco/RJ. Graduada em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Pará (1997). Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Iluminação.

20:30 horas –  PERFORMANCE DE PALCO - KAMBURÃO

O Grupo de teatro Casa de Mundiar

Apresenta:

KAMBURÃO - Direção:  Iara Regina da Silva Souza

Esta performance de palco mistura a obra de Franz Kafka e o

experimento com objeto, tendo como eixo os textos “O Artista da Fome”, “Prometeu”, “Um Cruzamento”, “O abutre” e outros.

É possível dizer que a obra de Kafka é um labirinto de conflitos e acontecimentos

que revelam uma capacidade enorme que temos de inventar problemas e estarmos

entorno deles uma vida inteira. O problema entorno do qual giramos é o teatro, é

através dele que vamos afundando numa espécie de existencialismo agitado. A obra

fecunda de Kafka é um prato cheio para a exploração dos corpos em estado de

improviso, na cena operamos com a nossa própria precariedade como artistas, é

com ela que avançamos, nos reinventado nas dobras que fazemos entre corpos e

Kafka. O Kamburão é o objeto com o qual nos conectamos, fazendo com os

performes uma tríade. Três corpos em cena, estrangeiros que se relacionam e se

recriam a cada rodada de improvisação, performance dissonante, corpos que se

afetam atritam, silenciam e constroem imagens abertas, diluindo-se um nos outros,

polifonia politicamente potente. A cada deslocamento múltiplas possibilidades

abertas. Experimentar, experimentar, experimentar...avançar sobre as coisas do

mundo e quere-las tangíveis, imanentes. Desmontar uma transcendência

inatingível, pensar na superfície dos corpos, nos encontros, nas conexões, nas zonas

de contato, nos entre dos corpos.

Perfomer:

Lobo

Mauricio Franco

Vandiléia Foro

Direção: Iara Souza

Figurino: Mauricio Franco e Vandiléia Foro

O Teatro Universitário Cláudio Barradas fica na Rua Jerônimo Pimentel, 546, esquina com a D. Romualdo de Seixas, no Bairro do Umarizal, em Belém.

Texto: Ivone Xavier

Divulgação: Ana Maria Castro

Assessora de Comunicação e Imprensa da ETDUFPA/ICA/UFPA

 

Copyright © 2016 Instituto de Ciências da Arte - UFPA

Avenida Presidente Vargas, S/N, Praça da República - Belém - Pará - Brasil, CEP 66017-060 - Tel: Secretaria: (91) 3241-5801, Fax: (91) 3241-8369. E-mail: ica@ufpa.br