E-mail
Pós-Graduação debate possibilidade de pesquisa entre instituições do Brasil e Guiana Imprimir
Escrito por Administrator   
Qua, 07 de Novembro de 2018 08:31

Com o objetivo de fortalecar os laços e pesquisas entre os países da Pan-Amazônia, nesta quinta feira, 8 de novembro, o Programa de Pós-Graduação em Estudos Antrópicos na Amazônia (PPGEAA) da UFPA, em parceria com a Universidade Federal do Amapá e a Université de Guyane, irá realizar no CMEC, em Castanhal, a roda de conversa “As possibilidades de pesquisas Brasil/Guiana (FR): construção de propostas entre UFPA, UNIFAP e Université de Guyane”.

A atividade contará com a presença da professora Mariana Alves, coordenadora de Relações Internacionais do Campus Binacional do Oiapoque (UNIFAP), e da professora Audrey Debibakas, pesquisadora do Laboratório MINEA (Migrations, Interculturalité et Éducation em Amazonie), da Université de Guyane. O evento será mediado pelo professor José Guilherme Fernandes, coordenador do PPGEAA.

De acordo com o professor José Guilherme Fernandes, esta é “uma oportunidade única para os discentes, não só do PPGEAA, mas do Campus de Castanhal, bem como para os professores, de estabelecer propostas de pesquisas conjuntas que envolvam nossa realidade estuarina, visto a necessidade cada vez crescente de firmarmos laços com os países e territórios da Pan-Amazônia, pois nossos problemas e soluções são semelhantes”.

Pesquisa integrada no estuário amazônico – A proximidade entre o Pará e o Amapá com a Guiana Francesa vai além da vizinhança territorial, pois o Pará e o Amapá abrangem boa parte da Amazônia Atlântica, com especificidades ambientais e antrópicas únicas em relação ao restante do litoral brasileiro, com reflexo direto no território guianense, visto a influência do rio Amazonas ser intensa em seus mais de 100 km de turba lançada no oceano, entre o Pará e a Guiana.

Além do caráter socioambiental litorâneo, o platô das Guianas é outro bioma que aproxima Brasil e o território de ultramar francês, um bioma pouco explorado pela pesquisa científica. Daí as pesquisas do MINEA terem por foco as problemáticas oriundas da diversidade sociocultural e ambiental, a circulação de povos e a patrimonialização da região do platô das Guianas e da bacia amazônica, envolvendo os eixos de pesquisa em educação, desigualdade e inclusão; construções identitárias e interações; representações, preconceitos e emergência de discriminações.

Serviço:
Roda de conversa “As possibilidades de pesquisas Brasil/Guiana (FR): construção de propostas entre UFPA, UNIFAP e Université de Guyane”
Data: 8 de novembro de 2018.
Horário: das 8h30 às 11h30
Local: Sala 1 do CMEC - Rua Maximino Porpino, 1000

Texto: Divulgação
Foto: Reprodução / Google

 

Copyright © 2016 Instituto de Ciências da Arte - UFPA

Avenida Presidente Vargas, S/N, Praça da República - Belém - Pará - Brasil, CEP 66017-060 - Tel: Secretaria: (91) 3241-5801, Fax: (91) 3241-8369. E-mail: ica@ufpa.br