Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Faculdade de Educação cria projeto para evitar a evasão de estudantes vulneráveis socialmente
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Faculdade de Educação cria projeto para evitar a evasão de estudantes vulneráveis socialmente

  • Publicado: Terça, 10 Mai 2022 12:54
  • Última Atualização: Terça, 10 Mai 2022 12:54
imagem sem descrição.

O Projeto de Educação e Justiça Social (Edujus), da Faculdade de Educação (FAED), está com inscrições abertas voltadas à discentes em situação de vulnerabilidade socioeconômica. A ação tem como objetivo identificar esses discentes, bem como os fatores que contribuem para a retenção, reprovação e evasão desses alunos, além de promover ações que prezam pela permanência e o êxito destes em seus respectivos cursos.

O projeto iniciado em maio deste ano conta com um formulário online que receberá inscrições por prazo indefinido. Com isso, se pretende acolher discentes de diferentes cursos, que serão acompanhados pedagogicamente por alunos de pedagogia, produzindo um perfil com discentes e docentes para a promoção de atividades internas e transdisciplinares.

De acordo com o professor Willian Lazareretti, os alunos que participam do projeto acreditam estar lançando um olhar mais humanizado aos discentes em situação de vulnerabilidade social, que colabora para que estes estudantes sejam ouvidos, acolhidos, incentivados e auxiliados a se manterem em seus respectivos cursos. Estes alunos, que por vezes passam por situações de desrespeito ou invisibilidade, encontram no projeto um espaço acolhedor, de percepção, onde os bolsistas e voluntários se colocam no lugar do outro.

Como participar - A ação acontece em duas etapas. Na primeira, o aluno interessado deve preencher o formulário, que apresenta questões relacionadas ao seu perfil socioeconômico, curso, período matriculado, e informações que auxiliaram na tomada de decisão do projeto. Na segunda etapa, os discentes selecionados serão analisados para que seja desenvolvido o Plano Individual de Atendimento (PIA), documento elaborado em conjunto com o aluno e um educador colaborador para identificar as potencialidades e dificuldades que impactam na permanência deste estudante no seu curso para, a partir deste diagnóstico, pensar em ações para o bom desempenho e êxito do estudante na formação superior.

O Edujus pretende desenvolver ações de apoio a partir das informações colhidas, encaminhando-as como relatórios ao núcleo docente estruturante dos cursos, para  que dialoguem sobre as dificuldades evidenciadas no cotidiano dos alunos assistidos. Com as informações colhidas, também se pretende promover seminários de diálogos com temas pautados pelos discentes, atividades artístico-culturais e acadêmico-científicas buscando o diálogo entre os sujeitos, seus saberes culturais e os conhecimentos científicos que auxiliem na permanência e acolhimento dos alunos.

Alunos interessados em se voluntariar para a ação podem expressar seu interesse pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Serviço:

Projeto de Educação e Justiça Social

Inscrições pelo formulário.

Texto: João Freitas - Assessoria de Comunicação Institucional da UFPA
Foto: Alexandre de Moraes

registrado em:
Fim do conteúdo da página